Última hora

Última hora

França prepara descida no preço dos combustíveis

Em leitura:

França prepara descida no preço dos combustíveis

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades francesas poderão sacrificar parte dos rendimentos sobre os combustíveis.

O objetivo é aliviar as pressões sobre o poder de compra dos consumidores que enfrentam custos crescentes em áreas como a habitação e produtos de primeira necessidade.

Para a associação nacional de defesa dos consumidores, UFC Que Choisir, o importante é eliminar margens desnecessárias.

“Para nós, o preço justo é o preço de mercado; é o preço que ignora as sobre margens em certos níveis da produção; por exemplo, as sobre-margens da extração e refinação. É o que se passa hoje em dia. Existem muitas margens que é preciso eliminar”, adianta Edouard Barreiro.

Em cada litro de gasolina, o governo cobra 55,8% em taxas, um valor que rende aos cofres do Estado 25 mil milhões de euros ao ano.

O primeiro-ministro, Jean-Marc Ayrault, afirma que se trata de um gesto modesto e provisório mas mesmo assim significativo.

Esta segunda e terça-feiras o ministro das finanças, Pierre Moscovici, reúne-se com representantes do setor afirmando esperar que produtores e distribuidores adiram a este esforço.