Última hora

Em leitura:

O jardim de Monet


le mag

O jardim de Monet

Em parceria com

O jardim que inspirou Claude Monet é recriado em Nova York. O Jardim Botânico do Bronx propõe um passeio por jardins inspirados nas obras mais famosas do pintor impressionista francês. Os curadores da exibição levaram dois anos para recriar a maior paixão do mestre do expressionismo: o jardim de Giverny, que Monet cultivou ao longo dos últimos 43 anos de vida.

O jardim original está no norte de França, a uma hora de Paris. Hortênsias, rosas, girassóis e dezenas de outras flores enfeitam o famoso jardim de Giverny. Foi aqui que Monet pintou os reconhecidos trabalhos botânicos e onde passou metade da vida. Aqui viveu desde 1883 até à morte em 1926. A exibição inclui também uma recriação da casa do pintor. É uma réplica historicamente precisa que marca a viagem pelo paraíso botânico. O jardim de Monet pode ser visto até 21 de outubro no jardim botânico do Bronx, em Nova York.

Os nossos destaques

Artigo seguinte

le mag

A música clássica sobe às montanhas