Última hora

Última hora

Espanha: crise económica afeta consumo

Em leitura:

Espanha: crise económica afeta consumo

Tamanho do texto Aa Aa

A economia espanhola contraiu-se mais do que o previsto no segundo trimestre do ano.

Os dados são avançados pelo Instituto Nacional de Estatística de Espanha, INE. As informações apontam para um recuo do PIB de 0,4% no segundo trimestre do ano, um agravamento relativamente aos 0,3% verificados no primeiro trimestre.

O consumo interno está a ser fortemente afetado. Entre as principais vítimas da recessão encontram-se os armazéns El Corte Inglés que se vêem agora obrigados a reduzirem preços e margens.

“Há quase cinco anos que estamos em crise por isso não admira que existam cada vez mais pressões. Ao olharmos para as vendas do El Corte Ingles, vemos que as vendas baixaram cerca de 12%. Isso é mais do que a maior parte dos nossos concorrentes”, afirma Carlos Hernandez, analista do setor de vendas a retalho.

De recordar que este Sábado, 1 de setembro, o IVA sobe em Espanha, de 18 para 21%.

Apesar do pessimismo que predomina no consumo, há dados que fazem antever alguma luz ao fundo do túnel.

Informações apontam para um aumento das exportações que teriam crescido 3,3% no segundo trimestre deste ano.