Última hora

Última hora

Austrália e Indonésia procuram barco desaparecido no Índico

Em leitura:

Austrália e Indonésia procuram barco desaparecido no Índico

Tamanho do texto Aa Aa

Estão em curso operações de buscas no Oceano Índico para encontrar o barco que na quarta-feira à noite enviou um pedido de ajuda devido a problemas no motor.

Seis náufragos oriundos do Afeganistão foram, entretanto, salvos por um navio comercial do Bahrain esta quinta-feira, a cerca de 42 milhas da costa de Java. Presume-se que façam parte de um grupo a rondar as 150 pessoas, que seguiam no barco desaparecido e que procuravam asilo na Austrália.

Em conferência de imprensa, Jason Clare garantiu que “as autoridades australianas e indonésias estão em trabalhar tanto quanto possível para encontrar estas pessoas”. “Mas não subestimem o quão difícil é encontrar náufragos no meio do mar”, salvaguardou ainda o ministro do Interior australiano.

Só nos últimos três anos cerca de 600 pessoas, entre homens, mulheres e crianças, morreram no Índico a tentar chegar à costa australiana. Esse é um dos problemas que motivou o acordo assinado entre a Austrália e a República de Nauru, uma das nações mais pequenas do Mundo e ilha no Pacífico por onde passam muitos dos refugiados que procuram asilo australiano.

O acordo foi assinado à margem de um fórum a decorrer nas ilhas Cook e prevê definir a forma como Nauru deve proceder com os barcos de refugiados que passam ao largo da ilha e como irá funcionar o centro de asilo primário ali criado pela Austrália.