Última hora

Última hora

Carrefour vai cortar custos

Em leitura:

Carrefour vai cortar custos

Tamanho do texto Aa Aa

O Carrefour vai cortar custos e defender mercados-chave como França, Brasil e China. O anúncio foi feito pelo presidente-executivo do grupo retalhista, que teve uma queda de 8,2% dos lucros no primeiro semestre. O resultado líquido ascendeu a 769 milhões de euros, superando as expectativas dos analistas.

As vendas na América Latina ajudaram a compensar a fraca procura em países atingidos por medidas de austeridade, como Espanha e Itália.

O Carrefour é um dos principais retalhistas a nível mundial. Em termos de número de lojas, o grupo francês aparece em terceiro lugar, atrás do Casino e da Wal-Mart. O presidente-executivo do Carrefour recusou-se a revelar um valor para o corte de custos ao longo de três anos.

Na quarta-feira, o grupo informou os sindicatos que planeia cortar até 600 postos de trabalho em França para reduzir custos.