Última hora

Última hora

Alemanha: Greve do pessoal de bordo da Lufthansa afeta centenas de voos

Em leitura:

Alemanha: Greve do pessoal de bordo da Lufthansa afeta centenas de voos

Tamanho do texto Aa Aa

A companhia aérea alemã Lufthansa anulou esta sexta-feira centenas de voos com origem no aeroporto de Frankfurt devido a uma greve do pessoal de bordo.

A paralisação, convocada pelo sindicato UFO, teve a duração de oito horas e surgiu na consequência do insucesso das negociações salariais e das condições de trabalho com a administração da companhia.

“Na verdade vê-se que as condições de trabalho não são as melhores. Há trabalhadores temporários a fazer o trabalho deles, mas a situação aqui não está a ser bem gerida. Deviam ter os clientes mais em conta”, disse um passageiro.

Segundo o sindicato, cerca de 12 mil hospedeiras e assistentes de bordo aderiram à greve.

“A maioria dos nossos colegas vê que a administração não tem planos. É isso que nos preocupa bastante. Iniciaram um programa de austeridade, mas onde nos leva isso?”, questionou um assistente de bordo.

O sindicato exige um aumento salarial de 5 por cento e o compromisso da empresa em não recorrer a pessoal externo nem ao trabalho temporário.

“Sabemos que o nosso pessoal de cabina é excelente. Por isso é que ganha mais do que em outras companhias”, afirmou o porta-voz da Lufthansa.

Diariamente cerca de 840 voos da Lufthansa partem ou chegam a Frankfurt, a principal base da companhia e o terceiro aeroporto europeu.