Última hora

Última hora

Conselho de Segurança refuta críticas ao apoio aos refugiados sírios

Em leitura:

Conselho de Segurança refuta críticas ao apoio aos refugiados sírios

Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho de Segurança das Nações Unidas reuniu-se, na noite desta quinta-feira, para apreciar a situação humanitária na Síria.

A reunião decorreu no momento em que surgiram notícias sobre a debilidade do apoio prestado aos refugiados, sobretudo os que vivem em campos na Jordânia e na Turquia.

Notícias que foram refutadas pelo ministro britânico dos Negócios Estrangeiros.

“Nós condenamos os relatórios perturbadores sobre stocks de medicamentos, pessoal humanitário, feitos deliberadamente contra o centro de auxílio na Síria. Esperamos que o governo sírio ouça, a partir de hoje, uma mensagem clara deste Conselho de Segurança, para que cumpra as suas obrigações humanitárias”.

A Turquia propôs, entretanto, que se criassem zonas tampão na Síria. A medida foi de imediato recusada pelo Alto Comissário para os Refugiados, António Guterres.

Mas o ministro turco insistiu, em termos vigorosos:

“Quanto tempo vamos assistir sentados, enquanto uma geração inteira está a ser dizimada por bombardeamentos aleatórios, dirigidos deliberadamente contra Azaz ou Aleppo?”

Apesar da violência dos bombardeamentos em várias cidades, a posição assumida por Guterres acabou por ser apoiada pela França e pelo Reino Unido.