Última hora

Última hora

Bélgica: Protestos contra libertação de pedófila

Em leitura:

Bélgica: Protestos contra libertação de pedófila

Tamanho do texto Aa Aa

Na Bélgica, registaram-se confrontos entre a polícia antimotim e manifestantes que protestavam em frente do convento para onde a ex-mulher do pedófilo e assassino de crianças Marc Dutroux foi enviada pelo supremo tribunal.

Michelle Martin foi enviada para o convento das Clarissas em Malonne onde vai trabalhar 20 horas por semana para pagar e expiar os seus crimes.

Este caso deu origem a um debate político sobre as regras para a libertação antecipada de presos na Bélgica.

Michelle Martin foi condenada a 30 anos de prisão por envolvimento com Dutroux numa série de violações, sequestros e assassinatos de crianças durante a década de 1990.

Dutroux foi condenado por sequestrar e violar seis meninas entre 1995 e 1996 e considerado culpado do assassínio de duas delas.

As duas últimas sequestradas foram encontradas vivas numa cave poucos dias depois de Dutroux ter sido preso.