Última hora

Última hora

Cidade de Tóquio quer comprar uma ilha do arquipélago Senkaku

Em leitura:

Cidade de Tóquio quer comprar uma ilha do arquipélago Senkaku

Tamanho do texto Aa Aa

É mais uma escalada na disputa das ilhas Senkaku/Diaoyu entre o Japão e a China.

O governador de Tóquio, que não esconde a vontade de comprar uma das ilhas, enviou para o arquipélago uma equipa de hidrógrafos, com o objetivo de avaliar o potencial do território.

Os elementos da equipa vão avaliar todas as possibilidades ao nível da fauna da flora e das perspetivas imobiliárias:

O chefe da missão explica: “Como o governo da área metropolitana de Tóquio quer comprar a ilha, é preciso que alguém venha aqui para ver do que se trata. Por isso estamos aqui para ver a área. Vamos tentar identificar as necessidades para a utilização da ilha”.

A notícia caiu como uma bomba em Pequim. A televisão nacional descreveu a iniciativa como “ a última provocação e infração em território chinês”.

Há várias décadas que a China e o Japão disputam este arquipélago de cinco ilhas, designado Senkaku no Japão e Diaoyu na China.

A disputa das ilhas está a aumentar a tensão entre os dois países. Em Agosto um grupo de ativistas chineses desembarcou numa das ilhas controladas pelo Japão. Os ativistas foram detidos e, dias depois, um grupo de japoneses foi às ilhas colocar bandeiras do Japão.

O gesto desencadeou uma vaga de protestos violentos em Pequim e um pouco por toda a China.