Última hora

Última hora

Colonos israelitas desalojados da Cisjordânia

Em leitura:

Colonos israelitas desalojados da Cisjordânia

Tamanho do texto Aa Aa

Famílias israelitas foram desalojadas de um colonato na Cisjordânia após um tribunal decidir que tinha sido construído ilegalmente em território palestiniano.

Os colonos deixaram pacificamente Migron e foram realojados temporariamente noutro local mas alguns jovens que protestaram contra a ordem de despejo foram presos.

O Supremo Tribunal decidiu que Migron, onde viviam 50 famílias, tinha sido construído ilegalmente em terrenos privados palestinianos.

As Nações Unidas consideram todos os colonatos israelitas na Cisjordânia ilegais.
Contudo, Israel contesta e distingue entre 120 colonatos autorizados e cerca de 100 construídos sem autorização.

Migron é um dos maiores colonatos ilegais na Cisjordânia, território que Israel anexou na guerra de 1967 e que os palestinianos reclamam como parte integrante de um futuro Estado.

Na Cisjordânia vivem cerca de 311 mil colonos israelitas e 2,5 milhões de palestinianos.