Última hora

Última hora

México: Esquerda promete impugnar eleição de Peña Nieto

Em leitura:

México: Esquerda promete impugnar eleição de Peña Nieto

Tamanho do texto Aa Aa

Uma vez mais, o México agita-se após uma eleição presidencial.

Logo após ser conhecida a decisão do tribunal eleitoral, que confirma a vitória de Henrique Peña Nieto na eleição presidencial de julho, a esquerda, no congresso, promete não baixar os braços.

A primeira sessão do novo parlamento foi agitada. Os membros do Partido Revolucionário Institucional (PRI) defendem a legitimidade da eleição:

“Numa democracia, ganha a força que é capaz de construir maiorias e apresentar resultados e é a isso que aspiramos de uma forma aberta franca e transparente”, afirma a deputada Adriana Hernandez.

Mas a oposição não se deixa convencer:
“Anunciamos que, face ao cinismo, irresponsabilidade jurídica e política de conselheiros e magistrados que atuaram de maneira vergonhosa e indigna – e para que não fiquem impunes as suas ações e ambições -, apresentaremos, nos próximos dias, perante este congresso, a uma impugnação”.

Os apoiantes do candidato da esquerda manifestaram-se diante do congresso, enquanto decorria a sessão inaugural e o Partido da Revolução Democrática (PRD) convocou uma manifestação para o dia 9 de setembro na Cidade do México.

A história repete-se. Tal como há seis anos, a esquerda liderada pelo candidato Manuel Lopez Obrador faz acusações de fraude e não quer reconhecer o resultado eleitoral.