Última hora

Última hora

Espanha: Oitenta imigrantes ilegais em ilha desabitada

Em leitura:

Espanha: Oitenta imigrantes ilegais em ilha desabitada

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 80 imigrantes ilegais africanos, entre eles três menores, estão na Ilha da Terra, uma pequena ilhota espanhola desabitada, situada no arquipélago
de Alhucemas, a cerca de 100 quilómetros oeste de Melilla.

Segundo as autoridades espanholas, um primeiro grupo de 19 imigrantes chegou à ilhota na passada quarta-feira.

Na madrugada de domingo chegou uma nova embarcação com mais 68 imigrantes, entre eles três menores e 17 mulheres.

A chegada do segundo grupo coincidiu com a tentativa de mais de 60 imigrantes ilegais saltarem, sem êxito, a vedação que separa a cidade espanhola de Melilla de Marrocos.

“Tendo em conta a coincidência da tentativa de saltar a vedação e a operação no arquipélago de Alhucemas, são ações coordenadas por máfias que se dedicam ao trafico de pessoas”, disse o ministro dos Negócios Estrangeiros espanhol.

O assunto foi já debatido em contactos entre os ministros do Interior e dos Negócios Estrangeiros espanhóis, e os seus homólogos marroquinos.

Ao fim da tarde de segunda-feira foi anunciado um princípio de acordo entre Espanha e Marrocos sobre o acolhimento repartido dos imigrantes que chegaram à Ilha da Terra.