Última hora

Última hora

Itália: Perfuração de 3000 metros para estudar supervulcão em Nápoles

Em leitura:

Itália: Perfuração de 3000 metros para estudar supervulcão em Nápoles

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de ter assumido a presidência da câmara de Nápoles, Luigi De Magistris autorizou que fossem
retomadas as perfurações para o estudo da atividade vulcânica em Campi Flegrei interrompidas em 2010.

Campi Flegrei é um supervulcão localizado na comuna napolitana de Pozzuoli onde vive cerca de um milhão de pessoas.

Comparado com o Vesúvio, que destruiu Herculano e Pompeia no ano 79 da nossa era, Campi Flegrei é ainda mais poderoso embora as hipóteses de entrar em atividade serem bastante remotas.

Apesar de alguns cientistas temerem que as perfurações, de 500 e 3000 metros de profundidade,
possam causar erupções e terremotos, Giuseppe De Natale, o responsável do projeto e do Observatório do Vesúvio, garante que não há qualquer perigo para a população.