Última hora

Última hora

EUA: Início da Convenção Democrata

Em leitura:

EUA: Início da Convenção Democrata

Tamanho do texto Aa Aa

Num estádio da cidade de Charlotte com capacidade
para 74 mil pessoas, Michelle Obama será hoje a grande estrela do primeiro dia da Convenção Democrata que aí decorrerá até ao dia 6.

A primeira-dama dos Estados Unidos usufrui neste momento uma quota de popularidade entre os 65 e os 70 por cento, 20 pontos acima acima do marido.

O ponto alto da convenção será a intervenção de Barack Obama na noite de quinta-feira.

“Obama está a fazer um ótimo trabalho com o sistema de saúde. Penso que lhe devemos uma grande ovação pelo que tem feito. Algumas pessoas tentam esconder o que ele fez pelo país, mas fez muito. Está a dar resultados e acho que podemos beneficiar disso muito em breve”, disse um apoiante de Barack Obama.

“Somos um partido que se preocupa com a classe média deste país. Temos que dar à classe média o lugar que ela tinha antes”, afirmou uma outra.

Barack Obama vai aproveitar a Convenção do Partido Democrata para apresentar os argumentos para a sua reeleição, complicada pela falta de dinamismo económico e desemprego.

Na semana passada o candidato republicano, Mitt Romney, foi nomeado para a corrida presidencial numa Convenção em que apresentou como grande prioridade a resolução dos problemas económicos e financeiros do país.