Última hora

Última hora

Fosso entre norte e sul da Europa cada vez maior

Em leitura:

Fosso entre norte e sul da Europa cada vez maior

Tamanho do texto Aa Aa

É cada vez maior o fosso entre o norte e o sul da Europa em termos de competitividade.

A conclusão é tirada de um relatório publicado pelo Fórum Económico Mundial que anualmente apresenta a classificação dos países mais competitivos.

O documento argumenta que esta diferença explica em grande parte a grave crise que a zona euro está a atravessar.

No topo da tabela, encontramos a Suíça. No top seis dos mais competitivos, cinco são europeus e três partilham a moeda única europeia.

Espanha, Itália, Portugal e Grécia encontram-se no fundo tabela dos mais competitivos da zona euro. Em relação a 2011, Portugal perdeu quatro lugares ao cair da quadragésima quinta para a quadragésima nona posição.

O relatório refere que apesar das razões para a crise serem variadas, a falta de competitividade acaba por ser comum a todos os países em dificuldade porque os impede de manterem altos níveis de prosperidade.

Para o Fórum Económico Mundial, a situação atual na zona euro permite concluir que o processo de convergência nas economias da eurolândia, desde a criação da moeda única, tem sido um fracasso.