Última hora

Última hora

ONU condena Irão por fornecer armas à Síria

Em leitura:

ONU condena Irão por fornecer armas à Síria

Tamanho do texto Aa Aa

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, alertou para as consequências da intensificação dos combates na Síria.

Falando perante a Assembleia-geral da ONU esta terça-feira, Ban Ki-moon acusou o Irão de fornecer armas ao regime sírio.

Antes Damâsco havia apontado o dedo ao Qatar e à Arábia Saudita afirmando que ambos os países estariam a fornecer armas aos rebeldes.

O novo mediador da ONU e Liga Árabe, Lakhdar Brahimi, apelou ao início de um processo político de transição na Síria.

“Aguardo a minha visita a Dâmasco nos próximos dias e assim que conveniente e possível a todos os países que estão em posição de auxiliar o processo político sírio a tornar-se uma realidade. O objetivo é uma transição que respeita as aspirações legítimas dos sírios”, afirmou Brahimi no seu discurso.

Na terça-feira, o líder sírio, Bashar al-Assad, reuniu-se com o presidente da Cruz Vermelha, Peter Maurer, prometendo aumentar o acesso a áreas afetadas pelo conflito civil que dura há 17 meses.

O alto funcionário da Cruz Vermelha reafirmou a necessidade dos feridos terem acesso a cuidados de saúde.

Imagens alegadamente captadas esta terça-feira por ativistas sírios e não verificadas de forma independente mostram corpos que teriam sido abandonados num hospital nos arredores de Dâmasco.