Última hora

Última hora

Merkel não comenta decisão do BCE

Em leitura:

Merkel não comenta decisão do BCE

Tamanho do texto Aa Aa

Os juros da dívida, que a Espanha considera demasiado altos e injustos, estiveram no centro da discussão entre a chanceler alemã Angela Merkel e o primeiro-ministro espanhol Mariano Rajoy.

O encontro seguiu-se a uma reunião do Banco Central Europeu em que o presidente Mario Draghi anunciou a compra de mais dívida dos países da Eurozona mais necessitados, incluindo a Espanha.

Merkel foi evasiva no comentário: “O BCE age de forma independente e no quadro do mandato que tem. É responsável pela estabilidade monetária e deve introduzir medidas nesse quadro. Já o meu dever, o nosso dever, é de ordem política”.

A reunião em Madrid, entre os dois líderes, serviu para discutir o eventual plano de resgate à Espanha, que pode ir muito para além dos 100 mil milhões de euros prometidos aos bancos.

A Espanha está sob pressão para aceitar um plano de ajuda mais alargado, mas não quer novas medidas de austeridade. O desemprego afeta já um em cada quatro espanhóis.