Última hora

Última hora

Criança de 4 anos confirma identidade de vítimas de crime em Annecy

Em leitura:

Criança de 4 anos confirma identidade de vítimas de crime em Annecy

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia francesa confirmou a identidade de três vítimas do quadrúpulo homicídio de quarta-feira, numa estrada florestal nos arredores de Annecy.
 
Segundo o procurador francês responsável pela investigação, tratam-se de Saad al-Hilli, um engenheiro informático de origem iraquiana, da esposa Iqbal, e de uma terceira mulher (que se suspeita que seja a mãe de Saad), assim como de um ciclista francês morto como vítima colateral do crime.
 
Numa conferência de imprensa, esta tarde, o procurador de Annecy, Eric Maillaud avançou os novos, e ainda escassos, resultados da investigação;
 
“O principal elemento que me permite assegurar que os cadáveres são os de Saad-Halili e da família, é a confirmação destes elementos por parte da filha de 4 anos. Quando lhe perguntámos quem seguia na viatura, disse-nos que se tratava do pai, e referiu o nome próprio, da mãe, referindo o nome próprio, e da irmã”.
 
“A criança confirmou que, logo ao início do tiroteio se encontrava entre a mãe e a outra mulher que seguia no veículo, tendo-se refugiado por debaixo das pernas da mãe”.
 
Eric Maillaud reagiu ainda às informações, avançadas nas últimas horas pela imprensa, sobre um alegado conflito familiar entre Saad al-Hilli e o irmão em torno de uma suposta herança: 
 
“Não é pelo facto de existir um litígio entre a vítima e o irmão, que este segundo se torna necessariamente no suspeito número um de um homicídio de uma família inteira com um tiro na cabeça”.
 
O procurador confirmou, no entanto, que o irmão de Saad, que teria negado qualquer envolvimento no crime, permanece em liberdade e vai ser ouvido no caso, para já como testemunha.
 
As investigações prosseguem, num momento em que os exames balísticos e os resultados das autópsias aos cadáveres não foram ainda divulgados.
 
Uma equipa da polícia francesa aterra, esta noite em Londres, para coordenar as buscas na casa da família al-Hilli, nos arredores da capital britânica.
 
Os investigadores tentam apurar se o homicídio se trata de uma execução premeditada ou de uma tentativa de roubo que terminou em tragédia. 
 
A próxima conferência de imprensa do procurador francês está agendada para amanhã, sábado (8 de setembro), às 15h00 locais.