Última hora

Última hora

EUA: Obama pede mais tempo para resolver "desafios"

Em leitura:

EUA: Obama pede mais tempo para resolver "desafios"

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama, aceitou hoje a nomeação do Partido Democrata para a corrida presidencial, assumindo
“falhas” nos últimos quatro anos e pedindo mais tempo para “resolver os desafios” que os Estados Unidos enfrentam.

Cerca de 20 mil líderes e ativistas do Partido Democrata, ficaram radiantes com o discurso do seu candidato.

“É muito importante agir agora. Há que votar e ganhar estas eleições”, disse um dos presentes.

“Ele precisa que a América se mexa e vá votar. É disso que ele precisa. Dizem que 19 milhões de pessoas não irão votar e que a maioria é apoiantes de Obama”, afirmou um outro.

“O mais importante foi o facto de ele ter incluído toda a gente, ou seja, uma América para todos e não apenas para alguns. É para isso que todos nós trabalhamos”, sublinhou uma delegada à Convenção.

Numa altura em que o desemprego continua acima dos oito por cento e o crescimento económico abrandou para 1,7 por cento no segundo trimestre,
o Departamento de Trabalho vai divulgar hoje um relatório oficial sobre a situação do emprego no país, a que os críticos do Presidente estarão atentos.