Última hora

Última hora

Governo espanhol reflete sobre pedido de resgate

Em leitura:

Governo espanhol reflete sobre pedido de resgate

Tamanho do texto Aa Aa

O Banco Central Europeu anunciou quinta-feira um programa de “Transações Monetárias Diretas” para a aquisição de obrigações de países da zona euro no mercado secundário de dívida soberana, num montante “sem limites”.

Espanha quer saber quais as condições para um possível pedido de resgate ao Banco Central Europeu.

“São decisões que não se podem tomar de ânimo leve nem da noite para o dia. Têm implicações importantes para o país e para o nosso futuro”, afirmou Soraya Sáenz de Santamaría, Vice-presidente do governo.

Contrariando a imprensa alemã Angela Merkel, declarou através do seu porta-voz, que o Banco Central Europeu agiu de acordo com o seu mandato.

A oposição espanhola é contrária a condições que impliquem mais esforços e sacrifícios da população.

“Agora é a vez de o governo jogar e ir a Bruxelas explicar que não podemos fazer mais esforços em direções erradas. O fundamento da política económica está errado, mas ao mesmo tempo Espanha precisa que a pressão seja aliviada”, disse Alfredo Pérez Rubalcaba.

O programa do BCE destinar-se-á a obrigações entre um e três anos, ou de maturidades mais longas mas que vençam num prazo até três anos e implica “condicionamentos rigorosos”.