Última hora

Última hora

Greve de 24 horas da Lufhtansa anula centenas de voos

Em leitura:

Greve de 24 horas da Lufhtansa anula centenas de voos

Tamanho do texto Aa Aa

Os passageiros da Lufthansa têm uma jornada difícil pela frente, porque a greve de 24 horas do pessoal de cabine prolonga-se ao longo desta sexta-feira.

O movimento de protesto obrigou a primeira transportadora aérea alemã a cancelar centenas de voos.

Para fazer face aos voos anulados, a Lufthansa prevê desviar mais de cem mil passageiros para rotas alternativas de comboio ou a bordo de outras companhias aéreas, tanto associadas como da concorrência.

O sindicato UFO – que representa a maioria das 18 mil hospedeiras e comissários de bordo da companhia – exige um aumento salarial de 5%.

Mas a Lufthansa propõe 3,5% e quer um aumento do horário de trabalho.

As jornadas de greve precedentes, na passada terça-feira e na sexta-feira anterior, obrigaram já à anulação de 500 voos, afetando 90 mil passageiros e provocando perdas milionárias à empresa, de acordo com os analistas.