Última hora

Última hora

Deputado da CDU tenta adiar decisão do Tribunal Constitucional alemão sobre MEE

Em leitura:

Deputado da CDU tenta adiar decisão do Tribunal Constitucional alemão sobre MEE

Tamanho do texto Aa Aa

Não será exagero dizer que a Europa e o mundo estão de olhos postos no Tribunal Constitucional alemão que, esta quarta-feira, se vai pronunciar sobre a legitimidade do novo Mecanismo de Estabilidade Europeu (MEE).

Os protestos sucedem-se à porta da instituição, em Karlsruhe. Os manifestantes têm exigido uma sentença negativa que impeça a compra de dívida pública dos países em processo de resgate.

Um deputado democrata-cristão da Baviera, Peter Gauweiler, veio mesmo interpôr uma providência cautelar para tentar adiar a decisão do tribunal. Gauweiler considera que a compra ilimitada de títulos soberanos, que Mario Draghi esboçou, é “irresponsável”, porque comporta “riscos incalculáveis”, podendo ameaçar a estabilidade orçamental da própria Alemanha.

O Mecanismo de Estabilidade, que terá um caráter permanente, contará com um capital de 700 mil milhões de euros, com a fatia de leão das contribuições a caber à Alemanha.