Última hora

Última hora

Paquistão: minoria xiita visada por atentado que fez 14 mortos

Em leitura:

Paquistão: minoria xiita visada por atentado que fez 14 mortos

Tamanho do texto Aa Aa

A explosão de uma viatura armadilhada no noroeste do Paquistão fez pelo menos 14 mortos e 45 feridos.

O atentado teve lugar num movimentado mercado da cidade de Parachinar, na região tribal de Kurram. O ataque foi reivindicado por um grupo desconhecido, autodenominado Tehrik-e-Taliban Pakistan Ghazi, que disse visar a minoria xiita do país.

Parachinar é uma localidade habitada essencialmente por muçulmanos xiitas.

Um alto responsável local disse que a bomba explodiu junto a uma coluna das forças de segurança.

No hospital de Parachinar, um ferido explica que estava “no interior de uma loja, no mercado, e de repente deu-se a explosão. Ficou tudo negro, o dia transformou-se em noite e não se via nada. Só soube o que aconteceu [quando chegou] ao hospital”.

Entre os feridos, vinte encontram-se em estado grave. A minoria xiita representa um quinto da população paquistanesa e, desde o início do ano, foi visada por vários ataques que fizeram mais de 300 mortos.