Última hora

Última hora

Gregos dizem basta

Em leitura:

Gregos dizem basta

Tamanho do texto Aa Aa

Faltaram ao trabalho e foram para as ruas de Atenas para dizer que estão cansados de apertar o cinto. São médicos, professores, trabalhadores da administração local. Contestam o novo pacote de austeridade que o governo grego está a discutir com a troika com o objetivo de poupar 11,5 mil milhões de euros até 2014.

“Não vamos prescindir de um único euro do nosso salário, nem das nossas pensões. Queremos um emprego que nos dignifique, a nós e aos nossos filhos” afirma uma empregada de hotel.

Uma poupança que segundo os analistas vai obrigar a uma redução, substancial, dos custos operacionais do setor público.

As medidas em cima da mesa não convencem a troika e muitos menos os trabalhadores gregos.
Certo, é que os compromissos de contenção são indispensáveis para que Atenas garanta a próxima tranche de ajuda externa e evite entrar em incumprimento.