Última hora

Última hora

Holanda: eleitores não escondem descontentamento com a Europa

Em leitura:

Holanda: eleitores não escondem descontentamento com a Europa

Tamanho do texto Aa Aa

Segundo as primeiras indicações, a participação nas legislativas holandesas deverá aproximar-se da afluência registada no escrutínio de 2010, quando cerca de 75 por cento dos eleitores acudiram às urnas.

Num país que é um dos motores da Europa, um grande número de pessoas não esconde o desacordo com todas as ajudas aos países fragilizados pela crise.

Em Amesterdão, uma comerciante defende que “a Grécia deve fazer agora o seu melhor e mostrar que tem boa vontade. Então, talvez possamos ajudar um pouco mais. Mas é preciso que tenha um fim”.

Outro holandês diz que sempre foi “contra a Europa” e que “votou contra no referendo de 2005 mas, ainda assim, eles avançaram”.

Apesar do euroceticismo crescente, as sondagens mostram que a maioria dos holandeses prefere manter-se na Zona Euro. Com um quinto dos eleitores indecisos, o escrutínio pode reservar ainda algumas surpresas.

O correspondente da euronews, Olaf Bruns, afirma que “independentemente do partido mais forte, deverão ser necessárias três formações para obter uma coligação e as negociações tendem a demorar vários meses na Holanda”.