Última hora

Última hora

Líbia: Ataque a consulado americano faz um morto

Em leitura:

Líbia: Ataque a consulado americano faz um morto

Tamanho do texto Aa Aa

Um agente da segurança do consulado americano em Bengasi, na Líbia, foi morto esta noite. Vários homens armados atacaram as instalações diplomáticas para protestar contra um filme americano que consideram um insulto a Maomé. Há registo de vários feridos. As forças de segurança líbias que protegiam o edifício bateram em retirada perante o fogo cerrado dos islamitas. Os atacantes acabaram por entrar no consulado e pilharam o local, levando até os eletrodomésticos.

O filme que está na origem dos acontecimentos foi realizado por um israelo-americano e descreve o Islão como um “cancro”. A película “Innocence of Muslims” terá sido financiada por cristãos coptas residentes nos Estados Unidos. Essa era pelo menos a convicção dos três milhares de salafistas que também se manifestaram esta terça-feira diante da embaixada americana no Cairo. Uma dezena de homens escalou o muro das instalações diplomáticas e substituiu a bandeira americana por um estandarte negro com uma inscrição islâmica. A polícia egípcia conseguiu convencer os homens a sair da embaixada sem recorrer à violência.