Última hora

Última hora

Prémio Astúrias da Concórdia distingue bancos alimentares espanhóis

Em leitura:

Prémio Astúrias da Concórdia distingue bancos alimentares espanhóis

Tamanho do texto Aa Aa

O Prémio Príncipe das Astúrias da Concórdia foi atribuído, este ano, à Federação Espanhola de Bancos Alimentares.

Foi o presidente do júri, Javier Fernandéz Fernandéz, quem procedeu ao anúncio. O Prémio Concórdia destina-se às individualidades ou instituições que se destaquem, entre outros, na luta contra a pobreza e na defesa das liberdades.

Há 54 bancos alimentares no território espanhol. A Federação foi criada em 1996. O primeiro banco arrancou em Barcelona, em 1987. Neste momento, estão registados mais de 800 mil beneficiários, mas a assistência solidária ultrapassará largamente o milhão, num período particularmente complexo em termos de apoios sociais. Estão envolvidas mais de 7 mil entidades, que ajudam a repartir cerca de 100 mil toneladas de alimentos.

Estes organismos, baseados no princípio da gratuitidade e do voluntariado, desenvolvem a sua atividade através da intermediação entre instituições de solidariedade e as pessoas necessitadas.

Ingrid Betancourt, os heróis de Fukushima e a cidade de Berlim, também já foram distinguidos com o Concórdia em Oviedo.