Última hora

Última hora

FEd anuncia ambicioso pacote de estímulos económicos

Em leitura:

FEd anuncia ambicioso pacote de estímulos económicos

Tamanho do texto Aa Aa

Praticamente sem surpresas, a Reserva Federal norte-americana anunciou um novo pacote de estímulos à economia, ao mesmo tempo que promete manter as taxas de juros em níveis excecionalmente baixos – entre os 0 e os 0,25 por cento – e isto, pelo menos, até meados de 2015.
 
Ao fim de dois dias de reunião e num pacote ambicioso, a Fed promete comprar mensalmente 40 mil milhões de dólares de títulos de dívida hipotecária, e continuar a adquirir ativos até que as perspetivas do mercado de trabalho melhorem substancialmente.
 
Uma mudança de orientação da política monetária norte-americana não isenta de críticas. De facto, é a primeira vez que a compra de ativos está diretamente ligada à situação económica do país e ao mercado do trabalho, e sem data limite pre-estabelecida.
 
Em época de campanha eleitoral, estes estímulos à economia são extremamente criticados pelos republicanos, que contestam o papel desempenhado pela Fed nos últimos quatro anos – ou seja, durante a administração Obama.
 
Aliás, Mitt Romney, o candidato republicano, já fez saber que, se for eleito, não reconduzirá Ben Bernanke, na presidência da Fed, quanto este terminar o cargo, no início de 2014.