Última hora

Última hora

Obama homenageia vítimas americanas de Benghazi

Em leitura:

Obama homenageia vítimas americanas de Benghazi

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos prestaram homenagem às vítimas do assalto ao consulado americano em Benghazi, na Líbia.

Na cerimónia, que decorreu na base militar de Andrews, Barack Obama, acompanhado de Hillary Clinton, prometeu proteção e justiça para os americanos ao serviço do país no estrangeiro.

“Continuaremos a fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para proteger os americanos que servem no estrangeiro, o que significa aumentar a segurança dos nosso postos diplomáticos, trabalhando com os países anfitriões – que têm obrigação de garantir segurança – e deixamos claro que será feita justiça contra aqueles que atacam os americanos”

“É muito difícil para os americanos dar um sentido a isto porque não tem qualquer sentido e é totalmente inaceitável. Os povos do Egito, da Líbia, do Iémen e da Tunísia não trocaram a tirania de um ditador pela tirania da turba”.

O embaixador norte-americano na Líbia, Cristopher Stevens, o responsável pela informação, Sean Smith e os dois membros da segurança Tyrone Woods e Glen Doherty perderam a vida quando uma multidão em fúria atacou o consulado norte-americano em Benghazi, na terça-feira passada, depois da divulgação de excertos do filme “A Inocência dos Muçulmanos”.