Última hora

Última hora

No Líbano, Bento XVI apela à tolerância

Em leitura:

No Líbano, Bento XVI apela à tolerância

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Bento XVI foi recebido em euforia nas montanhas, de maioria cristã, à volta da capital libanesa Beirute.

Um ambiente que contrastou com os tumultos nas ruas, provocados pelo filme norte-americano considerado um insulto para o Islão.

No encontro com o presidente libanês, o cristão Michel Suleiman, o Papa lembrou a necessidade de paz e tolerância: “É preciso banir a violência moral e física, que é sempre um atentado à dignidade humana, quer do autor quer da vítima. Ao valorizarmos as obras pacíficas e o que fazem pelo bem comum, criamos também um interesse pela paz”.

Esta foi a primeira visita de um Papa ao Líbano desde que João Paulo II esteve no país em 1997.

Além do presidente, Bento XVI encontrou-se também com Nabih Berri, o presidente xiita do parlamento e com o primeiro-ministro, o sunita Najib Mikati.

O dia inclui também uma visita ao patriarcado maronita de Bkerké e um encontro com jovens vindos de todo o Médio Oriente.