Última hora

Última hora

Papa parte do Líbano com apelo à comunidade à internacional

Em leitura:

Papa parte do Líbano com apelo à comunidade à internacional

Tamanho do texto Aa Aa

Foi com um apelo à comunidade internacional para que encontre o caminho da paz para o Médio Oriente, que o Papa Bento XVI se despediu do Líbano. Foram três dias de visita, ao longo dos quais o Santo Padre insistiu na coexistência pacífica entre cristãos e muçulmanos e na recusa da violência: “Para os habitantes da Síria e dos países vizinhos, que imploram o dom de paz… conheceis bem a tragédia dos conflitos e da violência que gera tanto sofrimento. Porquê tanto horror? Porquê tanta morte? Apelo à comunidade internacional, apelo aos países árabes para que, enquanto países irmãos, proponham soluções viáveis que respeitem cada pessoa, os seus direitos e a sua religião.”

Um discurso proferido perante 350 mil fiéis, uma missa gigante, ao ar livre, à qual assistiram políticos de todas as fações, incluindo militantes do grupo xiita Hezbollah.

O presidente libanês, Michel Suleiman, acompanhou o Papa durante uma cerimónia de despedida, no aeroporto Rafiq Hariri, onde os fiéis vieram dizer adeus ao Sumo Pontífice.