Última hora

Última hora

Chefe salafista fala aos seus fieis

Em leitura:

Chefe salafista fala aos seus fieis

Tamanho do texto Aa Aa

O chefe espiritual de um grupo salafista tunisino, procurado pela polícia, falou, esta segunda-feira, aos seus fieis, numa mesquita de Tunes, cercada pela polícia.

Seif Allan Ibn Hussein, também conhecido do Abou Iyadh, exigiu, na sua prédica, a demissão do ministro do Interior da Tunísia, Ali Larayedh, membro do partido islamista, Ennahda.

A polícia cercou a mesquita, mas manteve uma distância prudente, aparentemente, para evitar incidentes violentos. De acordo com repórteres ocidentais, na mesquita havia muitas mulheres e crianças.

No interior e no exterior da mesquita, jovens gritavam a mesma palavra de ordem: “Allah Akbar” – Deus é grande.

Foram feitos, também apelos à Jihad, a guerra santa contra os judeus e outros infieis.

Abou Iyadh é acusado de ter instigado o ataque de sexta-feira, contra embaixada norte-americana, em Tunes, em protesto contra o filme “A inocência dos muçulmanos”.

A polícia procurou-o, no seu domicílio, logo na sexta-feira, mas não o encontrou.

Na manifestação, morreram quatro pessoas.