Última hora

Última hora

Governo francês proíbe manifestações e ações hostis contra Estados Unidos

Em leitura:

Governo francês proíbe manifestações e ações hostis contra Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

Em Paris no decorrer de uma manifestação não autorizada em frente da embaixada dos Estados Unidos, que resultou em confrontos com as autoridades, foram detidas 150 pessoas.

O ministro do Interior, Manuel Valls, disse este domingo que não autorizará manifestações contra os Estados Unidos provocadas pelo filme
“A inocência dos muçulmanos” considerado ofensivo para o Islão.

“Não permitirei que mulheres com a cara completamente tapada, que orações na rua, que slogans hostis a países aliados e aos nossos valores possam ser ouvidos nas nossas ruas. Por isso serei extremamente firme. Aliás são poucas as pessoas – que não devem ser confundidas evidentemente com a vasta maioria – que caricaturam o Islão praticado no nosso país”, disse o ministro.

Por seu lado os líderes islâmicos franceses condenaram o filme, mas apelaram à calma e disseram que não havia justificação para os ataques às embaixadas americanas.

Na Alemanha o Ministério do Interior anunciou que foi proibida a entrada no país ao pastor evangelista norte-americano Terry Jones, convidado pelo grupo de extrema-direita “Pro Deutschland”, para apoiar a divulgação do filme hostil ao Islão.
Terry Jones, ficou conhecido por ter queimado o Corão em abril de 2011.