Última hora

Última hora

Bulgária abre julgamento de 13 salafistas

Em leitura:

Bulgária abre julgamento de 13 salafistas

Tamanho do texto Aa Aa

Treze membros de uma organização salafista não reconhecida na Bulgária começaram, esta terça-feira, a ser julgados.

Doze homens e uma mulher são acusados de propagação do islão radical, defesa de uma ideologia antidemocrática e pertença a uma organização não autorizada, a Al Waqf-Al Islami.

Os trezes acusados declararam-se “inocentes” sem darem quaisquer explicações.

Só 50 pessoas foram autorizadas a assistir audiência, por falta de espaço, na sala. Cerca de uma centena de muçulmanos búlgaros foi assim obrigada a aguardar no exterior.

A Al Waqf-Al Islami é uma organização sediada na Holanda, financiada por ultraconservadores da Arábia Saudita e suspeita de ligações à Al-Qaeda.

A organização nega quaisquer atividades criminosas e diz-se caritativa e empenhada na educação.

A segunda audiência está marcada para a próxima semana.