Última hora

Última hora

Liga dos Campeões: Contagem decrescente para o arranque

Em leitura:

Liga dos Campeões: Contagem decrescente para o arranque

Tamanho do texto Aa Aa

A Liga dos Campeões arranca com o grande duelo entre Real Madrid e Manchester City. O campeão espanhol recebe o campeão inglês num jogo com vários motivos de interesse. Para o Real de Mourinho é uma oportunidade preciosa para recuperar o ânimo depois de um início desastroso na Liga.

“A responsabilidade é toda minha. Eu não consegui até ao momento criar um grupo suficientemente comprometido com o futebol. Um grupo para o qual o futebol é a primeira prioridade. Eu sou o único culpado disso”, afirmou José Mourinho na antevisão do encontro.

O City vem ao Bernabéu com o claro objetivo de conquistar os três pontos. Apesar da vitória na Premier League, Mancini tem a corda ao pescoço nas competições europeias. O City das estrelas não superou a fase de grupos na edição passada e foi eliminado da Europa League nos oitavos de final pelo Sporting. No outro jogo do grupo da morte, o Dortmund recebe o Ajax.

Esta terça-feira, do trio português só o Porto entra em campo. Os homens de Vitor Pereira vão ao reduto do Dínamo de Zagreb de Tonel. As estatísticas não oferecem prognósticos, já que cada uma das equipas ganhou dois dos últimos quatro encontros entre ambas.

No outro jogo do grupo A, o Paris Saint-Germain recebe o Dynamo de Kiev de Miguel Veloso. Carlo Ancelotti tem todas as armas para atacar a sua terceira Liga dos Campeões, enquanto Ibrahimovic ainda procura a primeira no seu sexto clube diferente.

No grupo B, o Arsenal, que ocupa o terceiro lugar e está em ascensão na Premier League, não se pode queixar dos adversários. Oitavos de final acessíveis para a equipa de Wenger. Os gunners vão ao sul de França defrontar um Montpelier em crise. Os atuais campeões da Ligue Un sofrem com a perda de Giroud precisamente para o Arsenal e levam apenas quatro pontos em cinco jogos do campeonato.

No outro jogo do grupo, o Olympiacos recebe o Shalke.

Quem também passa dias difíceis no campeonato é Massimiliano Allegri. O Milan não impressiona nem emociona os tifosi de San Siro que esperam esta terça-feira ver o clube sete-vezes campeão da Europa bater o modesto Anderlecht.

Os problemas económicos do Milan de Berlusconi não se refletem no outro jogo do grupo C. Hulk, Witsel e Bruno Alves desafiam o Málaga do milionário Abdullah Al Thani. E pelo dinheiro gasto em reforços, as ambições do Zenit de Spaletti são a ter em conta na Liga dos Campeões.