Última hora

Última hora

Reincidente mata duas mulheres-polícias em Manchester

Em leitura:

Reincidente mata duas mulheres-polícias em Manchester

Tamanho do texto Aa Aa

Duas mulheres-polícias desarmadas foram mortas a tiro durante uma operação de rotina em Manchester, no Reino Unido.

O crime vem relançar o debate sobre o porte de armas por parte dos polícias britânicos, que andam desarmados na maioria das situações.

O alegado autor do duplo homicídio entregou-se pouco depois numa esquadra. Trata-se de um homem que era já procurado por outras duas mortes. Dale Cregan é suspeito de ter morto David Short e Mark Short, pai e filho.

O presumível assassino matou Mark num pub, em maio. O pai foi assassinado três meses depois.

A polícia oferecia uma recompensa de 50 mil libras, cerca de 62 mil euros, por informações sobre Dale Cregan.

Embora o debate seja relançado cada vez que um agente é morto, a opinião da maioria dos polícias continua a ser a favor da continuação das patrulhas sem arma.