Última hora

Última hora

Historiadores duvidam de papiro sobre "mulher de Jesus"

Em leitura:

Historiadores duvidam de papiro sobre "mulher de Jesus"

Tamanho do texto Aa Aa

O papiro que faz alusão a um casamento de Jesus Cristo pode ser falso, segundo alguns historiadores.

Vários peritos que analisaram o documento copta dizem que há sérias dúvidas sobre a autenticidade, nomeadamente ao nível da gramática da língua utilizada.

O fragmento foi dado a conhecer por Karen King, teóloga na Universidade de Harvard: “Quero deixar claro que este fragmento não prova que Jesus fosse ou não casado, é um documento muito posterior. A informação mais antiga e mais fidedigna é completamente silenciosa a este respeito e isto não muda essa situação”, diz a investigadora.

O papiro data do século IV. O autor do texto diz que Jesus se referiu a uma mulher como “a minha mulher” e prometeu que também ela seria um dos seus discípulos.

O porta-voz do Vaticano diz que o documento não vai mudar em nada a doutrina da Igreja.

Antes, o best-seller “Código Da Vinci”, de Dan Brown, tinha já avançado a hipótese de que Jesus foi casado e teria tido filhos.