Última hora

Última hora

Milhões de indianos saem às ruas em dia de greve geral

Em leitura:

Milhões de indianos saem às ruas em dia de greve geral

Tamanho do texto Aa Aa

Greve geral na Índia contra as novas reformas económicas anunciadas pelo governo na semana passada.

Os pontos mais sensíveis, que estão na origem da ira dos indianos, são o aumento de 14% do preço do gasóleo e a abertura do mercado nacional às cadeias de grande distribuição internacionais.

Escolas, lojas e instituições públicas estão na sua grande maioria encerradas.

Shaina, membro do maior partido da oposição Bhartiya Janata, diz que “a questão é de saber se investimento estrangeiro direto é sinónimo de destruição estrangeira da Índia, se é o mesmo que pilhar o cidadão comum e a classe média.”

Para o executivo de Nova Deli, o pacote de reformas económicas tem como objetivo estimular uma economia cujo crescimento tem vindo a perder velocidade.

O movimento de protesto foi organizado pela Confederação All India Traders que reagrupa 10 mil sindicatos indianos.

Os sindicatos esperam uma adesão à greve de 50 milhões de pessoas. A confederação industrial indiana avaliou em 2,3 mil milhões de dólares o custo do protesto para a economia nacional.