Última hora

Última hora

"Não" de Rajoy pode precipitar eleições antecipadas na Catalunha

Em leitura:

"Não" de Rajoy pode precipitar eleições antecipadas na Catalunha

Tamanho do texto Aa Aa

A Catalunha prepara-se para convocar eleições antecipadas depois do fracasso das discussões de ontem para tentar negociar um “pacto fiscal” entre Madrid e a região autónoma espanhola.

O líder catalão Artur Mas foi acolhido em Barcelona por uma multidão que gritava palavras de ordem a favor da independência, depois de se ter reunido com o primeiro-ministro Mariano Rajoy.

Desde há duas semanas que os apelos à independência, nas ruas, coincidem com as exigências de mais autonomia fiscal face à crise que atinge uma das regiões mais ricas de Espanha.

“Nós temos que lutar pelo nosso país, não podemos ser cobardes, temos que seguir em frente. Se os espanhóis estão contra, o problema é deles. Nós temos que levar a nossa luta até ao fim”, afirma um manifestante.

Reunido com o líder catalão, em Madrid, Mariano Rajoy considerou que um pacto fiscal seria inconstitucional.

Os impostos cobrados pelo governo central à Catalunha ascendem a 16 mil milhões de euros anuais.

Barcelona queixa-se de uma tributação excessiva em tempo de crise e deverá anunciar na próxima semana a convocação de eleições antecipadas para finais de novembro ou início de dezembro.