Última hora

Última hora

Adolescente chicoteada no Afeganistão por se encontrar com um rapaz sem terceiros

Em leitura:

Adolescente chicoteada no Afeganistão por se encontrar com um rapaz sem terceiros

Tamanho do texto Aa Aa

Uma marcha de protesto em Cabul denunciou a punição de uma jovem de 16 anos que terá sido chicoteada perante uma multidão num campo de futebol, há cerca de uma semana, em Jaghori, na província afegã de Ghazni.

A adolescente em questão foi acusada de manter “relações ilícitas” com um rapaz, porque se encontrar com ele sem a presença de terceiros. Os seus progenitores foram agredidos por familiares e a mesma terá sido condenada pelos clérigos locais a 100 chicotadas.

Heather Barr, do Observatório dos Direitos Humanos, declara que este episódio mostra o “quão limitada é a capacidade do governo para impôr o exercício do direito nas áreas controladas pelos talibã”. Mesmo nas zonas sob domínio governamental, salienta Barr, “não há uma abordagem no sentido de eliminar a violência contra as mulheres”.

Outro caso provocou, no passado mês de julho, uma onda de indignação a nível internacional: o de Najiba, uma mulher de 22 anos acusada de adultério, executada publicamente a tiro.