Última hora

Última hora

Confiança dos empresários alemães cai para mínimos de 2010

Em leitura:

Confiança dos empresários alemães cai para mínimos de 2010

Tamanho do texto Aa Aa

De forma inesperada, a confiança dos empresários alemães caiu em setembro para mínimos de dois anos e meio.

Trata-se do quinto mês consecutivo de queda do índice germânico IFO. Os dados do instituto com o mesmo nome concluem que a confiança recuou de 102,3 pontos em agosto para 101,4 no corrente mês. Os analistas apontavam para uma progressão para 102,5 pontos.

Gernot Nerb, perito em análise conjuntural no instituto, explica que “a indústria alemã vive em grande parte das exportações. Como muitos dos países do sul da Europa estão em recessão não podem importar produtos alemães, por isso há uma procura de investimento à qual a Alemanha não tem acesso por razões sobejamente conhecidas.”

A menor procura de vários países da zona euro a braços com graves crises de dívida soberana como Portugal, Espanha, Itália ou a Grécia, levou a que a principal economia europeia abrandasse entre os primeiro e segundo trimestres do ano.

A zona euro é o principal mercador da Alemanha.