Última hora

Última hora

Ehud Olmert condenado a um ano de pena suspensa

Em leitura:

Ehud Olmert condenado a um ano de pena suspensa

Tamanho do texto Aa Aa

O ex-primeiro-ministro israelita, Ehud Olmert, foi condenado a um ano de pena suspensa e a uma multa de 15 mil euros por corrupção.

A sentença corresponde à condenação em julho por abuso de confiança no chamado caso Centro de Investimentos. A Justiça considerou que Olmert favoreceu um ex-sócio quando era ministro do Comércio e da Indústria, entre 2003 e 2006.

O ex-chefe de Governo e do partido centrista Kadima incorria numa pena de três anos de prisão. Depois da leitura da sentença, Olmert disse que saía do tribunal de cabeça erguida e que não pretende voltar à política.

No entanto, o facto de não cumprir pena atrás das grades é visto como uma possibilidade de regresso.

Olmert apresentou a demissão da chefia do Governo em setembro de 2008 e deixou o poder em março de 2009, devido a vários escândalos de corrupção. Em julho, a Justiça absolveu-o de dois outros casos.