Última hora

Última hora

"Emmy Awards" elegem séries políticas

Em leitura:

"Emmy Awards" elegem séries políticas

Tamanho do texto Aa Aa

Em ano de eleições presidenciais nos Estados Unidos, a política foi a grande vencedora da 64ª edição dos “Emmy Awards”, em Los Angeles.

“Homeland-Segurança Nacional” conquistou seis estatuetas, incluindo a de melhor série dramática, melhor argumento, melhor ator (Damien Lewis) e melhor atriz (Claire Danes).

A série, que já tinha ganho um globo de ouro este ano, conta a história do regresso ao país de um soldado norte-americano, suspeito de estar a preparar um atentado terrorista.

“Game Change” venceu na categoria de melhor telefilme e valeu mais um prémio a Julianne Moore, que interpreta a controversa Sarah Palin, candidata a vice-presidente dos Estados Unidos, em 2008.

“Esta é uma história não apenas sobre Sarah Palin mas também sobre todo o processo político”, comentou Julianne Moore. “Penso que é interessante, em ano de eleições, refletir sobre a forma como escolhemos os nossos líderes.”

“Modern Family – Uma Família Muito Moderna” conquistou o terceiro Emmy consecutivo na categoria de melhor comédia.

John Stuart volta a levar para casa o troféu para melhor programa de variedades, com o “Daily Show”.

De fora do palmarés fica a série “Mad Man”, que aparecia como uma das favoritas, com 17 nomeações.