Última hora

Última hora

FMI pede medidas "reais" para garantir uma retoma económica global

Em leitura:

FMI pede medidas "reais" para garantir uma retoma económica global

Tamanho do texto Aa Aa

A diretora geral do Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, considera que chegou o momento de agir contra a crise e apelou para que os líderes políticos tomem medidas reais para garantir uma retoma económica global.

Num discurso proferido no Peterson Institute for International Economics em Washington, Christine Lagarde defendeu que “a Europa permanece o epicentro da crise e onde são necessárias medidas mais urgentes. É preciso uma recuperação sustentada” e para tal tem que haver entrega e líderes que tomem “decisões e medidas reais.”

Lagarde anunciou que o FMI vai baixar as previsões de crescimento económico mundial, que deverão ser oficialmente divulgadas no dia 09 de outubro em Tóquio, e não escondeu alguma preocupação relativamente às consequências das elevadas taxas de desemprego em Espanha e na Grécia.

A líder do Fundo Monetário Internacional descreveu as recentes iniciativas anunciadas por bancos centrais como o BCE, a FED, ou o Banco do Japão como um sinal enviado na boa direção.