Última hora

Última hora

Israel: Ehud Olmert condenado a um ano de prisão com pena suspensa

Em leitura:

Israel: Ehud Olmert condenado a um ano de prisão com pena suspensa

Tamanho do texto Aa Aa

O ex-primeiro-ministro israelita Ehud Olmert foi condenado por corrupção a um ano de prisão com pena suspensa e ao pagamento de uma multa de 15.000 euros.

Em julho Ehud Olmert foi considerado culpado de conceder favores a um ex-colega durante o tempo em que foi ministro do Comércio e da Indústria e incorria numa pena até três anos de prisão.

A sentença fica aquém da pedida pelo Ministério Público que exigia seis meses de trabalho comunitário, embora sem privação de direitos cívicos.

“Disse anteriormente que aceitaria e respeitaria a decisão do tribunal sobre tudo o que estivesse relacionado com os erros pelos quais fui condenado e que aprenderia a respetiva lição”, disse o ex-primeiro-ministro.

Olmert enfrenta ainda um outro julgamento depois de em janeiro ter sido acusado de aceitar subornos quando foi presidente da Câmara de Jerusalém para facilitar a construção de um grande complexo residencial na cidade.

Olmert ocupou posteriormente várias pastas ministeriais, para em 2006 chegar à chefia do Governo.