Última hora

Última hora

Oposição legal na Síria pede conferência internacional para transição pacífica do poder

Em leitura:

Oposição legal na Síria pede conferência internacional para transição pacífica do poder

Tamanho do texto Aa Aa

Uma bomba explodiu este domingo em Damasco a menos de um quilómetro do hotel onde a oposição legal da Síria realizava um encontro.

Segundo as autoridades a explosão provocou um morto.

A Conferência de Salvação da Síria, assim designada pelos organizadores, contou com a presença de uma vintena de partidos e representantes da Rússia, Irão e China.

Esta oposição interna, autorizada por Bashar al-Assad, tem sido acusada pelos rebeldes de ser apenas uma marioneta para o regime dar a ideia que está a realizar reformas democráticas.

No final da reunião, Khalil al-Sayed, do Partido de Desenvolvimento nacional pediu ao enviado da ONU-Liga Árabe, Lajdar Brahimi para convocar “uma conferência internacional sobre a Síria, com todas as partes envolvidas” de forma a “encontrar as melhores soluções políticas para iniciar um período de transição que garanta o caminho rumo a um regime democrático”.

A plataforma apela também a uma trégua no conflito que dura há um ano e meio.

Brahimi deve apresentar esta segunda-feira ao Conselho de Segurança da ONU o seu primeiro relatório sobre a Síria.

Os combates de domingo em Homs e outras cidades fizeram mais uma trintena de mortos.