Última hora

Última hora

Segurança é o principal obstáculo a um acordo de paz entre o Sudão e o Sudão do Sul

Em leitura:

Segurança é o principal obstáculo a um acordo de paz entre o Sudão e o Sudão do Sul

Tamanho do texto Aa Aa

Após vários adiamentos e sob a pressão de um ultimato do Conselho de Segurança da ONU, os líderes do Sudão e do Sudão do Sul iniciaram este domingo negociações para por cobro as hostilidades abertas depois da independência do Sul em 2011

A questão da definição e “segurança” das fronteiras é neste momento o principal obstáculo a um acordo de paz. Quase todos os assuntos económicos estão neste momento “resolvidos”, referiu um porta-voz da delegação sudanesa nas negociações que decorrem em Adis Abeba, na Etiópia.

No final de agosto foi assinado um acordo provisório para permitir a passagem do petróleo do Sul pelos oleodutos do Sudão até aos porto do Mar Vermelho e retomar a exportação do ouro negro, fundamental para evitar o colapso dos dois países.

As partes aceitaram entretanto a desmilitarização da fronteira, cuja raia continua por definir e os líderes voltam a reunir-se esta segunda-feira, num último esforço para chegar a um acordo e evitar as sanções do Conselho de Segurança da ONU.