Última hora

Última hora

Juros mais elevados na venda de títulos do Tesouro Espanhol

Em leitura:

Juros mais elevados na venda de títulos do Tesouro Espanhol

Juros mais elevados na venda de títulos do Tesouro Espanhol
Tamanho do texto Aa Aa

Espanha vendeu quatro milhões de títulos a três e seis meses com os juros médios mais elevados desde julho.

O Tesouro Público espanhol colocou em leilão 1400 milhões de euros a três meses com um juro a 1,203%, praticamente mais um por cento em relação à última venda de títulos a curto prazo.

Madrid vendeu ainda 2580 milhões de euros de títulos a seis meses, com o juro a passar de 2,026% para 2,213%.

A pressão existente nos mercados de dívida soberana, em parte devido à indecisão do executivo espanhol se vai ou não recorrer a um plano de resgate, explica as taxas de juro acima da barreira do um por cento.

Várias analistas adiantam que o primeiro-ministro Mariano Rajoy não deverá tomar uma decisão sobre um possível plano de resgate antes das eleições regionais na Galiza e no País Basco, a 21 de outubro.