Última hora

Última hora

Merkel quer mais reformas dolorosas na zona euro

Em leitura:

Merkel quer mais reformas dolorosas na zona euro

Tamanho do texto Aa Aa

Apesar das medidas draconianas adotadas nos países mais afetados pela crise da dívida soberana, Angela Merkel quer mais reformas dolorosas e políticas orçamentais mais responsáveis.

Num discurso proferido durante uma conferência da Federação Industrial Alemã, a chanceler defendeu “uma supervisão bancária forte na zona euro. Nós estamos a trabalhar no Conselho Europeu, em conjunto com o presidente do Banco Central para definirmos os próximos passos para mais Europa no sentido de mais compromissos e a possibilidade de recuperar a credibilidade.”

“Para o BCE, as novas medidas foram necessárias para manter a estabilidade dos preços face a mercados fragmentados. Elas são a única forma de continuamos a cumprir o nosso mandato”, referiu Mario Draghi, o presidente do Banco Central Europeu, em defesa das medidas adotadas no início do mês.

Draghi referiu no entanto que sem condições as medidas do BCE não terão qualquer efeito.