Última hora

Última hora

Síria: Exército Livre desfere novo golpe ao exército oficial

Em leitura:

Síria: Exército Livre desfere novo golpe ao exército oficial

Tamanho do texto Aa Aa

Um duplo atentado bombista atingiu um dos edifícios do quartel-general do Exército sírio, no centro de Damasco, na manhã desta quarta-feira.
Os ataques foram reivindicados pelo Exército Livre da Síria, que menciona dezenas de mortos. No entanto, o ministro da Informação falou apenas em danos materiais e disse que não houve vítimas.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos, da oposição, indicou que depois das explosões registaram-se combates no interior do edifício que teriam provocado mortos.

Este é mais um golpe no regime de Bashar al-Assad, um dia depois do Qatar ter apelado a uma intervenção militar de países árabes na Síria, durante a Assembleia Geral da ONU.

Ontem, duas explosões destruíram uma escola em Damasco, matando duas pessoas. O diretor da escola declarou que os engenhos explosivos foram colocados por “terroristas” – sinónimo na linguagem do regime de “opositores”. Os rebeldes dizem que o local era usado como centro de comando pelas forças governamentais.

Hoje, a oposição denunciou a execução de pelo menos 16 pessoas, incluindo várias crianças, pelas milícias pró-governamentais, em Barze, nos arredores de Damasco.

Também esta manhã, um jornalista de um canal iraniano foi morto por um atirador furtivo e um repórter de uma estação árabe ficou ferido. Ambos estavam em reportagem para os canais Press TV e Al-Alam, que são financiados pelo Governo iraniano, fiel ao regime de Bashar al-Assad.